Brincadeiras Outros Pedagogia 05 set, 2017

Atividade Sensorial- 8 meses



Bom dia mamães!

Hoje fizemos uma atividade super legal! A posição que o Youssef menos gosta de ficar é de bruços! Alias, qualquer bebe né? Ficar de bruços exige deles uma força maior, o que logo se torna cansativo.

Mas o fato é que os bebes devem ficar de bruços! Aprender a ficar de bruços é fundamental para a própria sobrevivência do bebê. Explico: ao conseguir segurar a cabeça longe do chão, ou virar o pescoço de um lado para outro enquanto está de barriga para baixo é o que evita um possível sufocamento acidental, caso o bebê se mexa muito quando está dormindo.

Alem de que, é a posição a qual o bebe tende a dar os seus primeiroa passinhos a independencia, rolar, sentar, engatinhar e finalmente, andar!

E a brincadeira de hoje é um insentivo a tudo isso! É super fácil, só precisamos de papel contact, e alguns objetos pequenos, que atraia a atenção do seu pequeno ou da sua pequena.

IMG_20170905_101738_244

Eu escolhi materias pequenos por que é mais facil do bebe utilizar as maos, mas cuidado: devemos ficar sempre de olho por que é nessa idade que tudo vai pra boca!

IMG_20170905_102139_592

Zuzu amou, e rendeu uns 20 minutos de brincadeira! Depois sentei ele e deixei ele explirar os objetos.

Tentem em casa e me mandem feedback sobre os seus bebes, amo trocar experiencias!

 

Beijos!

Brincadeiras Pedagogia 15 jan, 2017

Atividades sensoriais – 18 meses


Muito se fala em estimular a criança na primeira infância, mas qual é a real importância? Segundo Piaget (a pedagoga citando haha) as crianças precisam explorar, experimentar e receber informações de volta (feedback) sobre a atividade, ações e reações.

Com as atividades sensoriais, as crianças conseguem explorar o mundo com os seus próprios sentidos (olfato, tato, paladar, audição e visão). As experiências e vivências sensoriais são “alimento” para o cérebro, que tem a função de “organizar as sensações do próprio corpo e do mundo, de forma a ser possível o uso eficiente do corpo no ambiente” (AYRES, 1972).

Os estímulos sensoriais apresentados à criança desde cedo são como as ferramentas mentais que ela terá para usar no futuro. Crianças precisam de espaço para se movimentar (sem acessórios com restrições de mobilidade, tais como cercadinhos e andadores); oportunidades de explorar objetos sozinhas com as mãos (sim, os armários de panelas e potes na cozinha são um excelente passa-tempo!) e também chance de se expressar e comunicar.

O legal da atividade sensorial é que podemos fazer em qualquer lugar que haja objetos que podem ser tocados e sentidos de alguma forma, ou seja, com qualquer coisa que te der na telha, sem precisar gastar dinheiro ou ter que sair de casa pra comprar. Usando a criatividade podemos criar atividades incríveis. Aqui vai algumas das atividades que eu fiz com o Mudi nas últimas semanas:

atividade sensoral3

WaterBalls! Esse é um dos ingredientes para as atividades sensoriais que eu mais indico, alem de ser baratinho, é muito divertido e da pra fazer diversas atividades com elas! São bolinhas de água. Na brincadeira da foto fizemos transferencias com tesoura de bola! Rendeu 30 minutos de exploração.

 

atividade sensorial1

 

Transferencias de grãos. Na atividade proposta por mim, era pra ele tentar separar os macarrões do feijão, o que ocorreu de fato, durante um minuto! Depois pegou a brincadeira pra ele, e mostrando quem é que manda, até comeu macarrão cru e transferiu da maneira dele, com as não e tudo misturado. Não posso dizer que não deu certo por que deu sim, só que da maneira dele. Cada coisa no seu tempo, respeitando as escolhas das crianças pra não ter estresse.

 

atividade sensorial2

Pintando com tinta guache e rolos de espuma.

Essa atividade rendeu uma hora, e ele acabou pintando mais ele do que os bonequinhos de madeira. Misturou tinta, pintou o tapete, a perna e ainda tomou banho na torneira do quintal! Não se intimide pela bagunça, reserve um tapete para a sujeira e no corpo, nada que um banho não resolva!

 

Espero que tenham gostado! Beijos!

Carima Orra • todos os direitos reservados © 2020 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por