Comidinhas 08 abr, 2016

Receitas de papinha – 6 a 9 meses!


Olá pessoal! Quando comecei a introdução alimentar do Mudi, rodei livrarias e a internet buscando receitas! Achei algumas coisas bem legais, então vou compartilhar com vocês!

Os livros que eu comprei foram: ‘O livro Essencial da Alimentação Infantil’, ‘100 receitas de papinhas e comidinhas’ e por incrível que pareça: ‘O grande livro da Palmirinha’. Os dois primeiros eram para eu aprender as papinhas, e o livro da Palmirinha eu comprei para aprender a congelar os alimentos corretamente, mas não é necessário! Para congelar as papinhas, é só saber de alguns detalhes:

IMG_6977

 

Para congelar qualquer alimento, é preciso que ele esteja fresco. Após o preparo, porém, é necessário esperar esfriar. Logo que esfriar, congele! Quando o alimento fica na temperatura ambiente é muito fácil de propagar bactérias. Não pode descongelar e congelar renovo. A multiplicação de bactérias começa no ato do descongelamento e pode se agravar, caso a comida seja congelada novamente. Por isso, armazene porções pequenas, para não haver sobras!

A maioria das papinhas dura cerca de 30 dias no freezer, mas tudo irá depender do tipo de alimento que a compõe. Vou deixar alguns exemplos:

Papinha de fruta ou de legumes: poderá ser armazenada durante dois dias na geladeira e congelada por seis meses. (depende do legumes, perde muito nutriente ao congelar, leia o post até o fim para saber como amenizar os danos)

Papinha de carne ou de ovo: poderá ser armazenada por um dia na geladeira ou congelada por um a dois meses.

Combinações de carne e legumes: podem ser armazenadas por um ou dois dias na geladeira e de um a dois meses congeladas.

  • Chuchu, abobrinha e berinjela congelam melhor como prato pronto.
  • Mandioca bem fresca pode ser congelada crua e sem casca.
  • Couve-flor, brócolis, alcachofra e repolho: precisam ser bem lavados. Em seguida, deixados de molho em água com limão e sal por 30 minutos. Assim, eliminam pequenos insetos e duram mais.
  • Ervas para tempero: lave, seque, pique a gosto e congele.
  • Tomate: retire a casca e as sementes antes de preparar molho, suco ou purê.

Dica: cole uma etiqueta no recipiente, com a data de produção e de validade. Aproveite e anote o sabor, para facilitar a identificação.

Para servir: Um dia antes, retire a papinha do freezer e coloque-a na geladeira. O processo de descongelamento será natural e com menor risco de contaminação bacteriana. No dia seguinte, esquente e sirva.

IMG_9618

Esses potinhos que eu usava para congelar as papinhas são da Avent. Comprei no site http://www.missybaby.com.br. Se seu filho comer pouco, você pode colocar em forminhas de gelo. Depois de congelar, solte as papinhas da forma e guarde a quantidade certa que seu filho come em saquinhos.

Se voce não estiver muito afim de comprar os livros, vou facilitar e deixar as receitas que mais usava com o Mudi, mesmo fazendo de jeito diferente.

 

Papa de caldo de carne com cenoura e chuchu

100 gramas de carne (um bife pequeno de carne magra, como coxão duro ou músculo)
1 cenoura
1 chuchu
água filtrada

Corte a carne em cubinhos e refogue em uma panela com um pouco de óleo vegetal. Acrescente uma pitada de sal e, quando a carne pegar uma corzinha, coloque a cenoura e o chuchu descascados e cortados em pedaços pequenos. Cubra com água filtrada e cozinhe, com tampa, em fogo baixo até que os legumes estejam moles (aperte com um garfo). Separe a carne. Amasse os legumes com um garfo ou passe-os na peneira. Sirva com uma colher, só tomando cuidado para que não esteja quente demais.

Rende de 2 a 3 porções

Papa de caldo de carne com abóbora, mandioquinha (ou batata) e cenoura

100 gramas de carne bovina magra, como coxão duro ou músculo
1 fatia de abóbora
1 mandioquinha
1 cenoura
água filtrada

Corte a carne em pedaços e refogue em uma panela com um pouco de óleo vegetal. Quando começar a ficar corada, acrescente a abóbora, a mandioquinha e a cenoura descascadas e grosseiramente cortadas e uma pitada de sal, se desejar. Cubra tudo com água filtrada, tampe a panela e cozinhe em fogo baixo até que os legumes estejam moles (a abóbora pode levar mais tempo que a cenoura). Separe a carne e amasse o resto com um garfo ou passe pela peneira.

Rende de 2 a 3 porções

Papa de caldo de carne com batata-doce e beterraba

100 gramas de carne bovina magra, como coxão duro ou músculo
1 batata-doce pequena
Meia beterraba
Água filtrada

Corte a carne em pedaços e refogue, até começar a pegar cor, em uma panela com óleo vegetal. Acrescente a batata-doce e a beterraba descascadas e cortadas, assim como uma pitada de sal. Adicione a água até cobrir tudo. Tampe e deixe cozinhar até que tudo esteja mole. Retire a carne e amasse a mistura que ficou com um garfo ou passe por uma peneira.

Rende de 2 a 3 porções

Papa de caldo de frango com mandioquinha e beterraba

100 gramas de peito ou coxa de frango (1 filé ou 1 coxa)
1 mandioquinha
Meia beterraba
Água filtrada

Corte o frango em pedaços pequenos e refogue em uma panela com um fundo de óleo vegetal. Coloque uma pitada de sal e, quando o frango começar a ficar esbranquiçado, junte a mandioquinha e a beterraba descascadas e cortadas. Cubra com água e deixe a sopa cozinhar, com a panela tampada e o fogo baixo, até que os legumes estejam moles. Separe o frango e amasse o resto com um garfo ou passando por uma peneira.

Rende de 2 a 3 porções

Papa de caldo de frango com abobrinha, batata e cenoura
100 gramas de peito ou coxa de frango
1 abobrinha
1 cenoura
1 batata
Água filtrada

Com o frango cortado em cubos, aqueça óleo vegetal em uma panela e refogue até que mude de cor. Acrescente então a abobrinha, a batata e a cenoura descascadas e cortadas e uma pitada de sal, se quiser. Cubra tudo com a água e cozinhe lentamente até os legumes amolecerem. Retire o frango e amasse a mistura restante com um garfo ou passe na peneira.

Rende de 2 a 3 porções

Papa de caldo de frango com batata-doce e chuchu

100 gramas de peito ou coxa de frango
1 batata-doce
1 chuchu
Água filtrada

Corte o frango em pedaços e refogue no óleo vegetal até que esteja esbranquiçado. Junte a batata-doce e o chuchu descascados e cortados e uma pitada de sal, se desejar. Acrescente a água filtrada até cobrir tudo e deixe cozinhando, em fogo baixo, até que tudo esteja mole. Separe o frango e amasse o resto com um garfo ou passe na peneira.

Rende de 2 a 3 porções

Outro jeito de se organizar para fazer as sopas ou papas é cozinhar uma panela grande só do caldo: um pedaço de carne magra ou um peito de frango, água filtrada, uma pitada de sal, se quiser um pouco de cebola. Cozinhe tudo em panela tampada ou panela de pressão. Aí você congela o caldo em recipientes pequenos e no dia-a-dia cozinha os outros ingredientes das receitas acima direto no caldo.

Depois de uma ou duas semanas com essas sopinhas bem básicas, os passos seguintes, que variam conforme o pediatra, serão acrescentar a elas caldo de leguminosas (como feijão, lentilha, grão-de-bico) e verduras (como brócolis, couve, espinafre, escarola), além de passar a incorporar a carne ou frango junto do caldo. Há quem prefira esperar também até aqui para incluir macarrãozinho nas sopas.

 

IMG_6630

 

As papinhas doces eu só processava elas inteiras, as vezes misturava 2 e dava de manha e de tarde!

IMG_7426

 

É isso! Espero ter ajudado!!

Beijos

Carima Orra • todos os direitos reservados © 2020 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por