Outros 15 dez, 2016

Festinha do Mudi 1 ano


Olá gente! Estou um pouco atrasada pra fazer esse post, mas quis vir mostrar um pouco da festinha do Mudi de 1 ano! Sao tantas fotos fofas que fiquei com vontade de postar no blog!

A mesa de doces que foi a mais linda que eu poderia ter imaginado! Esses docinhos eram tão reais que eu duvidei se era comestível mesmo! Inclusive as trufinhas de animais ate ficaram por ultimo por que muita gente não sabia que eram para comer!

 

img_4084

img_4078

 

img_4115

Não eram lindos? E muito gostosos também!

img_4117

 

img_4118

 

img_4120

A entrada da festa foi esse florestinha de balões feita pela Sheila da @oficinas_de_festas que eu me apaixonei e queria guardar os balões para sempre! hahaha

img_4073

 

As aguinhas expostas que ficaram uma fofura, eu que montei com as tags da Torroes de Açucar! A papelaria deles é maravilhosa! Fiz do cha de bebe do Mudi com eles, do aniversario e agora do cha do Zuzu também!

img_4085

 

As aguinhas de coco foi ideia do meu sogro, e todo mundo amou!! Alem de ser uma delicia, foi super inovador e criativo!

img_4091

 

O chalkboard fofura foi da Dani da @designnopapel, e também as letrinhas de Safari escrito Mohamed na mesa do bolo!

img_4087

As lembrancinhas ao créditos meus, fiz um a um com muito carinho! Eram duas, uma com a revistinha de Safari com giz de cera para pintar, e a outra eram pessoas de animais com tinta guache e pincéis! Alem das mascaras de bichinhos! Junto com a mesa de lembrancinhas tinham essas gostosuras que eu roubei a ideia do pinterest, cada bacia tinha algo selvagem para comer: Rabo de tigre, que era cheetos, Rosto de tigre que eram as mexericas pintadas por mim hahaha, minhocas vivas, que eram finis, asa de morcego, que eram rufies, ovo de cobra: ovinhos de amendoim, coco de elefante eram os brigadeiros! hahaha

img_4088

img_4086

img_3857

img_3862

No final ainda teve o show mais fofo do mundo do Bita e os Animais!  A Laila da @fabricaeraumavez e super empenhada e o resultado não poderia ser melhor! Todo mundo amou!!

img_4256

E agora um pouquinho de fotos aleatórias pra eu guardar de lembrança esse pituquinho na sua festinha de Safari!

img_4145

img_4248

img_4191

img_4147

img_4222

img_4229

 

img_4268

 

Espero que tenham gostado!!

Beijos pesssoal

Dicas Outros Pedagogia 08 set, 2016

Tocando em nuvens! Atividade sensorial – 1 ano


Boa noite gente! Fiz essa atividade com o Mudi a alguns dias atras e ele amou! E eu também, hahaha, foi literalmente tocar nas nuvens, uma sensação ótima!

Hoje em dia a tecnologia esta presente (e muito) na vida dos pequenos, por isso temos que sempre mediar as situações e criar ambientes sensoriais para eles descobrirem o mundo fora das telinhas, pode ser mais trabalhoso, mas garanto que vale a pena ver a criança interagindo e não somente ‘assistindo’.

Uma brincadeira sensorial é qualquer ação que envolve a incorporação e o envolvimento da criança em alguma situação, ou seja, estimulação da visão, tato, olfato e outros sentidos.

Essa atividade é muito farinha de fazer, vamos aos passos:

Igredientes:

  • Potinhos de plastico
  • Corante de alimento
  • Farinha de trigo
  • Chantilly ou creme de barbear

nuvens-1

 

Primeiramente, em dois potinhos (ou em quantas cores você quiser), coloque chantilly ou creme de barbear. Creme de barbear é melhor, mas se você acha que seu filho vai experimentar igual o Mudi fez, é melhor garantir o chantilly. Em seguida, coloque o corante, escolhi o azul. O corante precisa ser liquido, em po não funciona.

 

nuvens-2

 

Depois de misturar o corante no chantilly, é a hora da magia! Va colocando aos poucos a farinha trigo. Gente, fica muito gostoso!! parece uma massinha, só que mole. Não da pra descrever, apenas sentindo mesmo. Quando for montando a atividade, explique ao pequeno o que esta acontecendo, e deixa ele ir tocando para sentir, se precisar por na boca, deixe (com moderação, claro).

 

nuvens-4

Esperar que o seu filho se comporte e não suje nada só vai te deixar irritada e estragar a brincadeira, por isso separe um tapetinho lavavel e um lugar que se sujar, não vai ser difícil de jogar agua!

Divirtam-se!

Dicas Outros 23 abr, 2016

O fim de semana chegou! O que fazer?


Boa noite pessoal!

Acho que é a dúvida de todos os pais com crianças em casa: o fim de semana ta ai, e não tenho ideia do que fazer, pra onde ir. E o pior é que SEMPRE tem atividades sobre o que fazer com crianças, principalmente aqui em SP.

Por isso vim aqui fazer um post super legal do que fazer em SP com crianças! Toda sexta feira vou tentar postar algum lugar legal para ir com as crianças, e alguns deles são até grátis! Olha que maravilha! Como shows, teatros e oficinas são por tempo limitado, se toda sexta eu postar, todo fim de semana terem novidades para os pequenos! Vamos começar:

Turma da Monica: O SHOW!
 
Turma-da-Monica-o-Show-300x199
 
Data: 2, 3, 9, 10, 16, 17, 23 e 24 de abril.
Horário: 16h. 
Recomendação: Livre. Menores de 14 anos acompanhados dos pais ou responsáveis.
Ingressos: R$60 e R$50 
 Local: Teatro das Artes – Shopping Eldorado/SP Endereço: Av. Rebouças, 3970 – Pinheiros, São Paulo – SP.
Pontos de Venda: Bilheteria – terça-feira a domingo das 14h às 20h.
Compra por Telefone: 3034-0075
Compra pela Internet: www.ingresso.com
Duração: 60 minutos e mais 15 minutos de intervalo.
 

O Mauricio de Sousa AO VIVO apresenta o espetáculo musical Turma da Mônica O Show, no Shopping Eldorado, em São Paulo.

Famosas músicas, como “Sou a Mônica”, irão encantar e divertir as famílias. Na apresentação, Franjinha dirige de fora e organiza essa Turminha que não perde tempo pra brincar, dançar e se divertir. Cebolinha, muito esperto como sempre, está bolando um novo plano que coloca Mônica e Magali numa disputa musical com a presença ilustre de um produtor muito estranho que será o jurado dessa competição. O apresentador desse show vem direto da Roça e não deixa de fazer a sua participação mais que especial como “Maico Jeca”.

 
 
 O novo musical da Galinha Pintadinha pousa em São Paulo 
 
A-Galinha-Pintadinha-em-Ovo-de-Novo-crédito-Camilla-Maia-300x200
 
Data:  dias 21 de abril e 31 de julho
Horário:  sábados, às 15h e 17h, e domingos, às 11h e 15h.
Recomendação: Menores de 12 anos somente com presença dos pais ou responsáveis legais.
Valor : R$ 70,00 (Plateia central e lateral); R$ 60,00 (Balcão nobre); R$ 50,00 (Balcão).
Local: Theatro NET São Paulo – Shopping Vila Olímpia, 5º andar – Rua Olimpíadas, 360.

No musical da Galinha Pintadinha, a turma de Carlos Henrique e seus pais compartilham de um momento muito especial em qualquer família: a chegada de um novo integrante.

O publico mirim vai assistir uma mistura de circo, teatro, dança, música alem dos vídeos de desenhos em estilo cartoon num telão de LED de 24m². Posicionado no fundo do palco, cria ambientes variados que enchem a cena de cor e magia, em um espetáculo lúdico para crianças de 0 a 5 anos.

Duração: 90 minutos.

Cidade das abelhas: visite o site clicando aqui.

cidade das abelhas

Sinopse: A vida das abelhas é o foco na parte cultural do passeio, as explicações são de fácil visualização e os visitantes conhecerão: LaBEErinto (onde encontrarão a Rainha das Abelhas), Trilhas Ecológicas às minas de água, Museu Apícola, Colméia Gigante, Abelha Gigante, Painéis, Observatório (enxame através de parede de vidro) e Apiário.
Ainda não oferece rampas de acesso para cadeirantes e carrinhos de bebê.

Local: Cidade das Abelhas (Oeste) Estrada da Ressaca, Km 7 – Embu das Artes / Cotia – (Ressaca – Embu das Artes)

Data: Terças, quartas, quintas, sextas, sábados, das 8h30 às 17h (Sem previsão de finalização)

Telefone: 4703-6460 / 4614-0609

Horário da Bilheteria: de terça a sábado, das 8h30 às 17h

Estacionamento gratuito e lanchonete no local.

 

Toca da raposa: Visite o site clicando aqui.

Toca-da-Raposa1

Data:  Mês de abril e 1ª quinzena de maio
Recomendação: a partir de 3 anos
Valores:Verificar 
 

Durante o mês de abril e começo de maio, a Toca da Raposa abre aos fins de semana e feriados para a visitação de famílias. O local, um sítio na rodovia Régis Bittencourt, possuí diversas atrações, em especial um intercâmbio cultural com índios do Xingu.

Na “Aldeia da Toca”, índios da tribo Kuikuro, crianças, adultos, homens e mulheres mostram para os visitantes um pouco de sua cultura, através de danças, cantos, pinturas corporais e sua arte. Todo o dinheiro arrecadado com a venda de artesanatos vai para a tribo, incentivando a continuidade da cultura indígena.

Além da aldeia cenográfica, a Toca da Raposa conta com outras atividades, como trilha, parede de escalada, cama elástica, arvorismo, tirolesa, e ainda a visita a um criadouro conservacionista que preserva a Mata Atlântica e os seus animais. (Obs: nem todas estas atividades estão inclusão no valor do ingresso).

 
Chácara Turma da Mônica – Restaurante & Loja prepara oficina especial em homenagem ao Dia do Índio – Visite o site clicando aqui.
cacara turma da monica
 
 
Data:  Oficina de 16 a 22 de abril
Horário:  Almoço 12h às 15h30 seg a sexta. Sáb e Feriados das 12h às 16h . Domingos, das 12h às 17h. Jantar/bar Quinta a domingo das 18h às 22h. 
Recomendação: Livre 
Valor: Verificar
Local: Rua Ferreira de Araújo 601, Pinheiros – SP
 

 De 16 a 22 de abril, as crianças vão ter as opções de fazer um cookie de maçã na Cozinha Divertida da Magali e fabricar um avião de palito no Espaço Sustentável. Além disso, para comemorar o Dia do Índio, os pequenos vão poder, no dia 19, confeccionar um cocar de garrafa pet, no Espaço Sustentável.

As oficinas acontecem de terça a sexta, das 12h às 15h30, sábados e feriados das 12h às 16h e aos domingos, das 12h às 17h. E também no jantar, de quinta a domingo, das 18h às 22h. Nas noites de domingo acontece também Domingueira: cineminha e pipoca para toda a família.

 

Para esse fim de semana é só! Sexta que vem trago novidades! Espero que gostem desses novos posts de passeios!

Beijos

Outros 19 abr, 2016

Vem um segundinho (a) por ai!


Gente! Estou grávida!!! Uhul! Estou super feliz! O meu marido esta viajando, e eu não tinha ideia de como contar a notícia para ele! Na primeira vez que eu soube que estava grávida, eu fiz uma caixinha, com várias coisinhas dele,  e uma caixa dentro com um body e escrito ‘agora em mim bate dois corações apaixonados por você!’ 🙂

 

Agora, eu tive que ser criativa e montei um video, tirei foto por foto e fiz a seguinte mensagem:

 

Oops, something went wrong.

 

Foi a única coisa que consegui pensar rápido para uma notícia tão legal! hahah

beijos!

 

Brincadeiras Outros Pedagogia 09 abr, 2016

Como estimular o bebe de 0 – 6 meses.


Brincar, é a única forma que o bebe tem de aprender! Por isso, toda vez que o Mudi completar um mês, eu vou fazer um post de brincadeiras que fiz com ele e que obtive um retorno bom! Hoje  vou colocar os atrasados aqui, de 0 aos 6 meses.

Só vou lembrar aqui que cade bebe tem seu tempo, e muito estimulo pode fazer o bebe cansar, ficar irritado e dormir menos do que deveria.

Com 1 mes:

Esse é o momento que, para os bebês, significa “o novo mundo que acabei de chegar”.Errado está, quem acha que o bebe nos primeiros meses só come e dorme. Acredito que metade das mamães acham que o bebe só vai conseguir interagir e brincar quando sentar, ou a partir dos seis meses. Então aqui vai algumas atividades pro primeiro mês:

  • Conversar e cantar com o bebe
  • Balançar chocalhos para que o bebê associe o som ao movimento.
  • Às vezes carregar o bebê no colo virado para a frente, como se fosse uma cadeirinha, para ajudá-lo a firmar a cabecinha.
  • Colocar objetos macios e coloridos a cerca de 20 cm da criança

thumbnail_IMG_3011

Com 2 meses:

  •  Colocar o bebê de bruços, com brinquedos coloridos em ambos os lados, para estimular a noção de lateralidade.
  • Movimentar objetos coloridos na frente do bebê, brincando e conversando com ele; isso estimula a movimentação ocular.
  •  Cantar e conversar muito com o bebê.
  • Pendurar no berço objetos coloridos que façam barulho, em várias alturas e posições, para que o bebê possa até alcançá-los.

thumbnail_IMG_3008

Com 3 meses:

  •  Manter mais vezes o bebê de barriga para baixo para ele brincar, ficando sempre junto dele.
  •  Colocar brinquedos ao alcance da mão do bebê para que ele tente pegá-los.
  •  Utilizar móbiles ou tapetinhos para que o bebê brinque e tente tocá-los com as mãos ou os pés enquanto está deitado.
  •  Tocar e movimentar o corpo do bebê durante as brincadeiras para que ele perceba o espaço que ocupa e os movimentos que pode realizar.
  • Colocar tecidos coloridos em volta do bebe para que as cores estimulem ele a virar pra pega-la.

sss

thumbnail_IMG_3005

Com 4 meses:

  •  Movimentar o bebê para a frente e para trás, com delicadeza, enquanto ele estiver sentado. Isso ajuda a treinar a sustentação do tronco.
  •  Estimular o bebê a rolar em superfícies seguras.
  •  Sentá-lo no bebê-conforto e deixar vários brinquedos na sua frente para que escolha qual deles prefere e o que quer fazer com cada um.
  •  Brincar de esconder o rosto com uma fralda ou esconder o brinquedo para observar se ele procura.
  •  Dar mordedor e brinquedos que o bebê possa levar à boca.
  •  Conversar muito com o bebê e observar se, no meio do diálogo, ele participa sorrindo ou fazendo algum som.
  • Deixar o bebe perto de outros bebes para que tentem contato

thumbnail_IMG_3006

Com 5 meses:

  •  Colocar o bebê sentado e cercado de almofadas, mantendo as costas dele eretas. Ficue perto dele.
  •  Segurar o bebê pelas axilas e colocá-lo de pé por períodos curtos.
  •  Deixar várias caixas e cubos coloridos para o bebê manusear.
  •  Ajudar o bebê a rolar usando uma toalha.
  •  Estimular o bebê a bater palmas.
  • Conversar com o bebê e contar o que você está fazendo e pensando. Cantar para ele.
  • thumbnail_IMG_6300

Com 6 meses:

  •  Colocar o bebê sentado com leve apoio.
  •  Dar um brinquedo de cada vez a ele para ver se o passa de uma mão à outra ou se o solta para pegar outro.
  •  Esconder o brinquedo fora do alcance do bebê e estimulá-lo a procurar ou tentar alcançar o brinquedo.
  •  Colocar o bebê na frente do espelho e fazer brincadeiras de aparecer e desaparecer.
  •  Segurar o bebê pelas axilas e brincar de pula-pula.
  •  Com o bebê no colo, faça várias brincadeiras e movimentos, fixando o olhar nele para que perceba seus movimentos faciais.
  • Se forem a praia, faça uma cadeirinha de areia e coloque objetos em volta para que ele tente pegar.

ss

Os bebês, que julgamos tão ingênuos e incapazes, são praticamente máquinas de aprendizado. A mente deles é extremamente sofisticada e a absorção de conhecimento começa nos primeiros dias após o nascimento. Por isso, os pais têm papel fundamental na qualidade e na aceleração dos conteúdos que seus filhotes estão absorvendo.

Espero que tenham gostado!!

Beijos!!

Carima

postado por

Carima

Dicas Outros 04 abr, 2016

Amamentação: como aumentar a produção de leite.


Eu desconheço uma mulher que tem dúvidas sobre amamentação antes de passar por ela. Eu, particularmente, achava que era institivo: somos mamíferos, nascemos sabendo fazer.

Mas não é bem assim, amamentar exige esforço e aprendizagem.

Pra começar as dicas, ai vai o que toda mãe questiona: será que meu leite é fraco? NÃO. Não existe leite fraco. O seu leite é exatamente o que o seu bebe precisa, desde o colostro que sai no inicio. Mas baixa produção existe sim, mas tem como resolver.

Fatores sociais, nutricionais, psicológicos, afetivos e ambientais, resultam no fato de diminuição da produção de leite materno. Outro ponto crucial também é a pega correta do bebe.

No meu caso, o Mudi nasceu com 4.200, ou seja: bem grandinho. Sendo assim desde a maternidade, ele chorava muito de fome e isso ja me preocupava, o meu leite não estava sendo suficiente.

Com isso, ja comecei a buscar ajuda na maternidade mesmo, mas a enfermeira e minha médica falaram que é normal, pois no começo só desce o colostro, um liquido transparente extremamente importante para o bebe recém-nascido: ele possui todos os nutrientes necessário para o bebe, mas o leite em si só vem mesmo após 2 ou 3 dias. OK. aguardei. Fomos para casa, o leite desceu. Mudi mamava muito, e seguindo as instruções da minha medica, deixei ele mamar o quanto ele queria, fosse de 30 em 30 minutos ou 3 em 3 horas.

Na primeira consulta com o pediatra, o Mudi não tinha engordado nada. estava com 4 kg, ou seja, tinha emagrecido. O pediatra me perguntou se ele mamava bem, eu falei que sim. Ficava no meu peito de 30 a 50 min, e mamava de 3 em 3 horas. De noite ele chegava a dormir da 00:00 até as 6 hrs direto. Então ele me falou que não era para me precipitar e não da fórmulas por que é absolutamente normal o bebe perder em média até 10% do peso que nasceu.

Não me preocupar? Muito tarde, cheguei em casa e o Google amado da vida + o babycenter foram revirados de cabo a rabo, e coloquei em prática várias coisas. Vou deixar aqui as dicas que mais me ajudaram, mas primeiro o que devemos saber antes de ficar loucas como eu fiquei:

  • Quando o bebê pega o peito direitinho, a amamentação não deve doer.
  • O bebê tem de colocar quase a aréola inteira dentro da boca para mamar.
  • Quanto mais o bebê sugar, mais leite a mãe vai produzir.
  • O tamanho do peito não tem nada a ver com a produção de leite.
  • Um peito que produz leite suficiente não necessariamente fica vazando.
  • O leite de verdade só aparece três ou quatro dias depois do parto. É assim com todas as mulheres. O que vem antes, o colostro, é ótimo para o bebê, mas a quantidade é pequena mesmo.
  • É normal o bebê perder cerca de 10% do seu peso nos primeiros dias. Ele nasce com uma “reserva” e volta a ganhar peso conforme o leite desce e ele se acostuma com a amamentação.

Agora, o que eu fiz para aumentar a produção de leite e me ajudou muito:

  1. Faça o bebe mamar um peito até esvaziar: A quantidade de gordura no leite aumenta ao longo da mamada. Não é um aumento pequeno; está comprovado que a concentração de gordura ao final da mamada pode ser cinco vezes maior que no princípio.
  2. De o peito quantas vezes o bebe quiser: Dar o peito sempre que for solicitado é mais um fator que contribui para um estímulo adequado.
  3. Beba agua. Muita agua. Embora isso isoladamente não faça surgir leite, contribui para a saúde geral da mulher, o que acaba ajudando. Beber muita água é obrigatório. Algumas mulheres chegam a precisar de 4 litros de água por dia, afinal de contas, cerca de 87% do leite materno é composto por água.
  4. Ordenhe o leite entre as mamadas. (Isso foi o mais cansativo, porem o que mais me ajudou). Ordenhar manualmente ou com a ajuda de uma ordenhadeira elétrica (bomba tira leite, bomba de sucção) é mais uma forma de estimular o seio e elevar a produção. Deve ser feito entre as mamadas.
  5. Ordenhe o leite após o bebe acabar de mamar. Esvaziar o peito completamente faz com que o cérebro ache que o bebe precise de mais leite, a fará com que a produção aumente na próxima mamada.
  6. Não ofereça outros leites. (Esse foi o mais difíceis pois opiniões alheias sempre te fazem achar que o bebe esta morrendo de fome). Mas, se você der leite artificial, o bebê terá menos fome para sugar seu seio. Isso diminui o estímulo e, consequentemente, a produção de leite materno.
  7. SEM ESTRESSE. O estresse libera hormônios que bloqueiam os mecanismos fisiológicos de produção e ejeção do leite materno.  Evite estresse e tente dormir bem. Peça ajuda de alguma amiga ou de um familiar que esteja disposto a dividir a carga de trabalho com você.

Existe também remédios para aumentar a produção. Não vou deixar nomes aqui, pois devemos sempre pedir a opinião do pediatra ou genecologista.

E assim foram os 6 primeiros meses do Mudi, ficava sempre muito preocupada pois ele não era um bebe muito gordinho, e as vezes chorava quando eu tirava do peito, mesmo sabendo que ele estava sim mamando uma quantidade boa. Hoje eu sei por que ele chorava, pois mesmo comendo MUITO (muito mesmo, quando acaba a comida ele chora, ou seja, ele é guloso mesmo!) Quem me acompanha do SnapChat (carimaorra) sabe do que eu estou falando. Mas graças a Deus consegui amamentar ele com leite materno até os 10 meses. Queria mais mas não rolou. Mas isso é um assunto pra outro post.

Espero ter ajudado!!

Beijos mamães!

Outros 10 mar, 2016

Papo Materno


Eba!! Depois de meses pensando nisso, se concretizou: a vida do meu bebe escrita e detalhada aqui em um espaço pra compartilhar com quem quer/gosta/tem bebezinhos!

Acho que não só eu, mas todas as mães do mundo vivem o que eu vivi assim que soube que estava grávida: gastava mil horas do dia procurando minuciosamente tudo relacionado a gravidez e bebes na internet: ‘colica com duas semanas de gravidez’ ‘quanto uma gravida de 6 meses teria que engordar’ ’quando o bebe começa a chutar’ ‘dores do parto’ ‘socorro!! estrias’ ’recuperação pós cesárea’.

Dai o bebe finalmente nasce e as dúvidas triplicam: ‘é normal a pele do bebe descascar?’ ‘quantos dias pro cordão umbilical cair?’ quantas vezes o bebe precisa fazer coco?’ ‘Quanto pesa um bebe de 2 meses?’ ‘meu bebe esta com cólica, ajudem!!’ ‘vacina naaaaooo’ ‘como baixar a febre’.

Acaba a fase de adaptação e o bebe não é mais um recém nascido: ‘quando começa a sentar?’ ‘introdução alimentar: como fazer?’ ‘meu filho não quer comer’ E assim segue até as duvidas acabarem (nunca acabam).

Bom, tudo isso pra explicar o por que eu quis fazer o blog. Minha intenção é criar um espaço direto, onde todas a mamães tirem suas duvidas inacabáveis e eu consiga também um diário pro meu bebe, ja que eles crescem em um piscar de olhos. Fazer um cantinho nesse mundo louco e enorme da internet pra poder falar sobre o que aconteceu de melhor na minha vida: ser mamãe!

 

Espero que gostem! Um beijão

 

 

IMG_2480

Carima Orra • todos os direitos reservados © 2020 • powered by WordPress • Desenvolvido por Responsivo por